Auto-piedade

O que fazer quando as suas forças não dão mais conta do recado e o desânimo toma conta do teu coração?
Como reagir quando a auto-piedade é tudo o que você tem em mente e seus olhos não conseguem ver além do seu próprio problema?

Bom, sabem o que eu faço? Eu choro. Isso mesmo choro para lavar a alma, choro para derramar do meu peito a pressão do medo de falhar e do medo de ser julgada por minhas falhas. Mas tudo na vida passa e até o choro acaba e quando as lágrimas secam fica o vazio e a sensação de incapacidade diante da situação que o choro não mudou. O problema ainda está lá, não foi embora com medo do meu choro.

E agora? O que fazer?

Eu li recentemente em um livro algo que me chamou a atenção, era uma frase que dizia:

“Todos devotam a suas vidas a algo. Alguns a família, outros ao trabalho e ao dinheiro, outros ainda a auto-piedade. E você já decidiu ao que vai devotar a sua vida? Não adianta dizer que se recusa a fazer essa escolha por que ela será feita no decorrer da sua vida concientemente ou não.”

Isso me levou a pensar sobre algumas das minhas atitudes especialmente em relação a auto piedade. Eu posso passar a minha vida sentindo pena de mim mesma e me comparando com os outros que acho que são melhores do que eu, ou eu posso escolher algo melhor para devotar minha vida e meu tempo.

Quando passamos por um problema, nossa visão fica arruinada. É como se estivessemos com uma lente multifocal que aumenta o tamanho do nosso problema e as coisas relacionadas a ele e simultaneamente diminue tudo de bom que você já conquistou ou ganhou por pura graça de Deus.

Sentir dó de si mesmo, é um atitude difícil de ser reconhecida, principalmente porque ela vem disfarçada de humildade. Mas a verdade é que autocomiseração é um veneno que nos destrói por dentro e nos afasta de Deus. É uma atitude egoísta que pode levar a depressão e ao afastamento de pessoas que você ama.

O remédio para combater a autocomiseração é parte de um tratamento e que exige trabalho. Isso mesmo, não acontece com um passe de mágica. Eu gosto de listas porque me fazem ver as coisas de maneira mais simples e direta então vamos para um lista de passos rumo a libertação desse veneno.

Descubra quem você é.

O que vc gosta e não gosta.

Suas qualidades e suas fraquesas. ( Todos tem ambos)

Busque no lugar certo.

É necessário se conhecer para poder se defender desse veneno que é gerado por você mesmo. E não há ninguém que conhece você melhor do que Aquele que te criou. (Os Ateístas que me desculpem mas eu me reservo o direito que crer que tenho um criador, porque essa conversa de que a perfeição do corpo humano, da natureza , do animais, da geração de um vida, foi feita por um acidente após uma explosão e depois por evolução não me convence)

Busque no lugar certo com a pessoa certa, Fale com Deus e peça ajuda, Ele sabe de seus defeitos e esta pronto para te ajudar. Eu não tenho a solução para seus problemas, mas isso não é o mais importante, o que realmente faz a diferença é como você vai enfrentá-los, que pode ser de cabeça baixa se sentindo derrotado antes do final da luta ou de cabeça erguida sabendo que você não está nesse mundo por mero acaso, mas porque tua vida tem um propósito dentro dos planos de Deus.

2 anos

Hoje 8 de dezembro o nosso sonho esta fazendo seu segundo aniversário. Há dois anos atrás tudo isso parecia tão distante e difícil de acontecer. Mas hoje estamos aqui comemorando o nosso segundo ano de Austrália.
Quero dizer muito obrigada a Deus por esse sonho realizado e por ser tão bom para nós, vou usar essa canção para isso.
Coloquei a tradução/interpretação para aqueles que quiserem usar essa musica para agradecer por suas vidas também.

Quando o sol aparece e eu abro meu olhos
Você é bom, tão bom, no calor do dia e
Com cada pedra que coloco, você é bom, tão bom
Usarei cada momento em que respirar para dizer novamente que sou grato

Quando a lua aparece antes de cada beijo de boa noite, Você é bom
Quando a Estrada começa entortar e depois de cada curva onde aprendi algo
Você é bom tão bom

Quando alguem segura minha mão e me ajuda a levantar, Você é bom
Usarei cada momento em que respirar para dizer novamente que sou grato
Porque é o suficiente saber que sou amado e que Você é bom

Então como posso agradecer o que posso te dar
O que minhas pobres mãos podem fazer aos pés do Rei
Eu canterei uma canção de amor isso é tudo o que tenho
Para dizer que sou grato por segurar minha vida em Suas mãos

Quando ta escuro e frio e não consigo sentir minha alma, você étão bom
Quando o mundo está cinza e a chuva vem para ficar você ainda é bom
Então, usarei cada momento em que respirar para dizer novamente que sou grato

Natal Especial

Os últimos dois Natais eu passei longe da minha família, não posso reclamar de que não tive boa companhia, porque Deus sempre proveu pessoas maravilhosas com quem pudemos passar esses Natais. Mas o Natal de 2010 vai ter um gostinho super especial, isso porque vou poder celebrar com a minha família lá no Brasil. Já estou na contagem regressiva para a viagem e agora faltam só duas semanas. O coração já esta batendo mais forte só de pensar nos abraços gostosos que vou poder dar em todos por lá. Eita coisa gostosa.

Mas afinal o que fazemos no Natal?

Na verdade não se tem certeza da data em que Jesus nasceu e muitos dizem que é uma coisa errada olhar para essa data como uma dia sagrado, pois na verdade nem é o dia certo que Jesus nasceu. Eu concordo que olhar para essa data como se ela fosse em si só algo sagrado não faz muito sentido.

Acho que independente de ser o dia certo ou não esse feriado é uma ótima oportunidade para que as familias se reunam e agradeção a Deus por um dia ter enviado para a Terra o seu único filho para morrer por nós e nos salvar dos nossos pecados.

É claro que deveriamos fazer isso o ano todo e não somente em um dia do ano, mas como todos temos que trabalhar para sobreviver, e por causa disso para muitos não é nada fácil reunir a família, acho que esse feriado pode ser muito bem aproveitado para isso. Bom é isso que fazemos no Natal agradecemos a Deus por tudo o que fez e faz por nós e pela família linda que ele nos deu.

He is my King – Ele é o meu Rei

Stop!

Sabe aqueles momentos em que a gente tem vontade explodir e dizer poucas e boas para quem esta ao seu lado. Infelizmente, esses momentos são bem frequentes para algumas pessoas, e eu sou uma delas.
Eu sinto meu rosto esquentar, milhões de palavras passam na minha cabeça, ficou chateada, e posso jurar que estou certa e que aquele pessoa seja lá quem for a vítima do momento é muito má e esta querendo me magoar.

Bom, nesses momentos a melhor coisa é parar tudo. STOP! Não diga nada.

“Na multidão de palavras não falta transgressão, mas o que modera seus lábios é prudente.”
(Proverbios 10:19)

Espere o sangue esfriar, e se preciso for saia do lugar que você esta, vai dar uma volta. E internamente peça para Deus te ajudar a ver a situação de uma outra perspectiva. Confesso que é muito difícil orar nesses momentos, o orgulho nos deixa com medo de pedir isso para Deus, porque vai que ele te ajudar a ver que quem estava errado o tempo todo era você. E tenho que dizer que a chance disso aconter é bem grande.

Mas, lembra que você tinha parado tudo e saído para dar uma arejada. Então, você ainda não tinha dito nada, não tinho magoado ninguém, não tinha falado tudo aquilo que estava pensando e agora é bem mais fácil concertar o erro e provavelmente um pedido de desculpas irá resolver o mal-entendido.

Agora se você não parou, e soltou o verbo, a coisa fica mais complicada. As palavras são como flechas que uma vez lançadas não voltam mais e elas podem ferir seriamente o outro. Nós não temos idéia de quão dolorida pode ser um palavra até que alguém diga algo que nós machuque. Tenho certeza que todos nós temos uma história para contar sobre um momento em nossas vidas que alguém nos disse algo que nos magou tanto que não conseguimos esquecer até hoje.

Temos que ter cuidado com o que falamos para aqueles que estão ao nosso lado. É muito fácil nós irritarmos com aqueles que nós amamos, justamente porque eles estão sempre a nossa volta. A chance de você se irritar com alguém que você vê uma vez por semana é bem menor do que a chance de você se irritar com seu companheiro ou companheira, com seus filhos, seu pais ou irmãos. E na correria da vida muitas vezes nós não nos damos conta que estamos tratando melhor os nossos colegas de trabalho do que aqueles que realmente tem um papel importante em nossas vidas.

Não importa se você é do tipo nervosinho que sai falando sem pensar, ou do tipo melindroso que se magoa por tudo o que te dizem. Deus pode te ajudar. Experimente pedir a Ele por sabedoria e esteja disposto a ver a situação por outra perspectiva, mesmo que isso te leve a ver que o errado é você. Isso vai te ajudar a evitar muitos sofrimentos e mágoas. Falo por experiência própria.

Pense nisso.

Para quem quer votar sem venda nos olhos!

O que você tem cultivado no seu coração?

É difícil limpar a casa, passar as roupas ,fazer comida diariamente, manter o carro em ordem, e ainda cultivar um coração grato por tudo isso. Por muitas vezes já me peguei fazendo essas tarefas de muito mau humor. Me achando a coitada da “Amélia” sofredora dona de casa.

Há um tempo atrás enquanto estava lendo sobre relacionamentos e finanças eu tive um “insight” sobre essa minha atitude. Comecei a refletir sobre isso e cheguei a algumas conclusões:

-Que a auto piedade é um sentimento egoísta que tem consequências devastadoras para o coração.
-Que a gratidão é muito preciosa e necessária para as nossas vidas.
-Que para ter algo melhor do que tenho hoje eu preciso ser grata e cuidar do que tenho agora.

Estive pensando que se reclamo de ter que limpar meu pequeno apartamento hoje como vou reagir quando tiver minha sonhada casa de 3 quartos com jardim e área de lazer. Se fico chateada de ter que dar manutenção no meu carro popular agora, porque acho que me sentiria diferente em relação ao um carro mais confortável que pretendo ter um dia. Enquanto estou toda chateadinha porque tenho que preparar algo para comer, tem muitas pessoas querendo ter algo na geladeira para fazer e simplesmente não tem.

Enquanto eu fico sentindo dó de mim mesma por ter que cuidar das coisas que Deus me deu, o mundo continua a girar e eu vou ficando para trás presa nos meus sentimentos pequenos e mesquinhos. Eu sei que isso pode soar horrível para quem lê, mas ser realista e reconhecer os nossos erros é o primeiro passo para a mudança.

Depois de reconhecer o quanto minhas velhas atitudes são infrutíferas é hora de colocar em prática hábitos mais saudáveis. Já faz algum tempo que tenho exercitado a gratidão. Aí vão alguns dos hábitos que tenho tentado cultivar.

-Enquanto estou limpando minha casa agradeço a Deus pela morada que Ele me deu, e digo o quanto sou grata por ter um lugar aconchegante para morar e saúde para poder limpar e cuidar desse lugar.

-Quando tenho que limpar meu carro, reabastecer ou dar alguma manutenção, agradeço por ter um carro que me leva para os lugares que preciso ir me protegendo da chuva, frio ou sol forte.

-Quando vou cozinhar penso o quão bom é abrir a geladeira e ter algo para preparar para minha família e peço a Deus para me dar sabedoria para transformar aquele simples alimento em uma refeição saborosa.

Por mais simples que pareçam essas atitudes, elas são importantes e fazem muita diferença depois de colocadas em prática. Confesso que não é nada fácil mudar velhos hábitos. E por muitas vezes eu não sinto a menor vontade de colocar em prática essas atitudes. Mas, nós não podemos fazer somente o que temos vontade.

Se nossa vida se resumisse em fazer somente o que temos vontade e o que nós dá prazer, nós seriamos crianças mimadas fugindo da realidade da vida. É por isso que as vezes mesmo sem vontade eu escolho ter uma atitude de gratidão. E com isso estou me preparando para cuidar das coisas maiores e melhores que sei que Deus vai me ajudar a conquistar no futuro.

“Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as saídas da vida”    (Provérbios 4:23).

Entradas Mais Antigas Anteriores