Inverno

É tão bom curtir o inverno de férias! Estou de férias até dia 19 de julho, quando volto a estudar.
Ainda vou estudar até o fim do ano. Nesse segundo semestre vou fazer um curso para trabalhar com crianças com necessidades especiais.
Mas, por enquanto estou curtindo minhas férias e o inverno. Estou experimentando algumas receitas novas na cozinha, dormindo até mais tarde e passeando. O meu Deus, que vida boa né! hehehe

Essa semana foi em um parque aqui perto de casa para caminhar e tirei umas fotinhas. Aí vão elas:

Anúncios

O que você tem cultivado no seu coração?

É difícil limpar a casa, passar as roupas ,fazer comida diariamente, manter o carro em ordem, e ainda cultivar um coração grato por tudo isso. Por muitas vezes já me peguei fazendo essas tarefas de muito mau humor. Me achando a coitada da “Amélia” sofredora dona de casa.

Há um tempo atrás enquanto estava lendo sobre relacionamentos e finanças eu tive um “insight” sobre essa minha atitude. Comecei a refletir sobre isso e cheguei a algumas conclusões:

-Que a auto piedade é um sentimento egoísta que tem consequências devastadoras para o coração.
-Que a gratidão é muito preciosa e necessária para as nossas vidas.
-Que para ter algo melhor do que tenho hoje eu preciso ser grata e cuidar do que tenho agora.

Estive pensando que se reclamo de ter que limpar meu pequeno apartamento hoje como vou reagir quando tiver minha sonhada casa de 3 quartos com jardim e área de lazer. Se fico chateada de ter que dar manutenção no meu carro popular agora, porque acho que me sentiria diferente em relação ao um carro mais confortável que pretendo ter um dia. Enquanto estou toda chateadinha porque tenho que preparar algo para comer, tem muitas pessoas querendo ter algo na geladeira para fazer e simplesmente não tem.

Enquanto eu fico sentindo dó de mim mesma por ter que cuidar das coisas que Deus me deu, o mundo continua a girar e eu vou ficando para trás presa nos meus sentimentos pequenos e mesquinhos. Eu sei que isso pode soar horrível para quem lê, mas ser realista e reconhecer os nossos erros é o primeiro passo para a mudança.

Depois de reconhecer o quanto minhas velhas atitudes são infrutíferas é hora de colocar em prática hábitos mais saudáveis. Já faz algum tempo que tenho exercitado a gratidão. Aí vão alguns dos hábitos que tenho tentado cultivar.

-Enquanto estou limpando minha casa agradeço a Deus pela morada que Ele me deu, e digo o quanto sou grata por ter um lugar aconchegante para morar e saúde para poder limpar e cuidar desse lugar.

-Quando tenho que limpar meu carro, reabastecer ou dar alguma manutenção, agradeço por ter um carro que me leva para os lugares que preciso ir me protegendo da chuva, frio ou sol forte.

-Quando vou cozinhar penso o quão bom é abrir a geladeira e ter algo para preparar para minha família e peço a Deus para me dar sabedoria para transformar aquele simples alimento em uma refeição saborosa.

Por mais simples que pareçam essas atitudes, elas são importantes e fazem muita diferença depois de colocadas em prática. Confesso que não é nada fácil mudar velhos hábitos. E por muitas vezes eu não sinto a menor vontade de colocar em prática essas atitudes. Mas, nós não podemos fazer somente o que temos vontade.

Se nossa vida se resumisse em fazer somente o que temos vontade e o que nós dá prazer, nós seriamos crianças mimadas fugindo da realidade da vida. É por isso que as vezes mesmo sem vontade eu escolho ter uma atitude de gratidão. E com isso estou me preparando para cuidar das coisas maiores e melhores que sei que Deus vai me ajudar a conquistar no futuro.

“Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as saídas da vida”    (Provérbios 4:23).

Quero Bolo!

Hoje é dia de comer bolo e celebrar porque eu e meu pai estamos completando mais uma ano de vida. Para mim é uma honra fazer aniversário no mesmo dia que esse homem tão especial que é meu pai. (Feliz aniversário meu papai amado!)
Acho difícil completar mais um ano de vida sem parar um pouquinho para pensar na vida. Confesso que não sou uma pessoa muito poética, não me entendam mal, eu admiro aqueles que tem o dom de escrever lindos versos cheios de emoções combinadas com rimas, acho tudo muito lindo. Mas, eu pessoalmente não tenho esse dom. Por isso escolhi as palavras de Cora Coralina para expressar um pouco do que passa na minha cabeça nesse dia.

Saber Viver

Não sei… Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura… Enquanto durar

Cora Coralina

Minha Rosa Amarela

Estou me sentindo ótima nesse final de semana. Semana passada eu concluí meu curso para ser Professora assistente, e além disso ainda tive meus primeiros dias de trabalho pago. A escola onde fiz meu estágio me chamou para cobrir um professora assistente que teve que viajar. Foi maravilhoso. No começo fiquei um pouco ansiosa, mas depois de trabalhar um pouco já pude aproveitar o momento.

Eu trabalhei esses dias com uma sala de pré- escola. Eles tem entre 4 e 5 anos, e são uma graça, e para fechar com chave de ouro, no meu último dia com eles, uma garotinha meu deu uma rosa amarela. Nem preciso falar que eu amei né. Esse trabalho é muito recompensador para mim. Me sinto importante por fazer parte da vida das crianças.
Agora to curtindo meu fim de semana pensando que valeu a pena todo o meu esforço durante esse curso.

—————————————————————————————————-

I am feeling really good this weekend. This last week I finished my course to be an Education Assistant. And thanks God I passed all the assessments. Besides this wonderful victory I also had my first experience working in my area. The school where I did my practicing called me to work some days while a teacher assistant was away. It was wonderful. At the beginning I was a little bit anxious, but after some time I could enjoyed it.

I worked in a Kindergarden class which has children between 4 and 5 years old. They are really cute. And for a perfect happy ending in my last day a little girl gave me a beautiful yellow rose, I was really touched by her gesture. For me this is a very fulfilling work. I feel good for being part of the children lives.
Now I am enjoying my weekend thinking that all my studying during this course was worth.

Será que perdemos a noção de quanto comer?

Um estudo apresentado na edição de dezembro do American Journal of Clinical Nutrition, mostrou que é difícil comer apenas a porção normal de alimento, se tiver comida extra no prato. Pesquisadores acreditam que as porções grandes podem contribuir para a epidemia de obesidade.

Eu concordo com esse estudo, quando temos um prato cheio de comida ou um combo grande de fast food com sanduíche, batatas fritas, refrigerante e as vezes até sorvete, é realmente difícil resistir e comer somente o necessário. Aqui na Austrália o incentivo para comprar grandes porções esta por toda a parte, normalmente o combo saí mais em conta que um sanduíche sozinho, nos mercados os pacotes com grandes quantidades (tamanho Jumbo) são muito mais baratos que os pequenos. E com esses incentivos a gente acaba comendo mais e aumentando as nossas porções.

Encontrei algumas dicas para controlar as porções que comemos e tentar resgatar a noção do tamanho de uma porção normal.

Comer devagar e mastigar bem.

Não deixar passar muito tempo entre as refeições e acabar indo comer com muita fome.

Diminuir o tamanho do prato. Estudos feitos pela Associação Dietética Americana mostram que ingerimos mais comida quando os acessórios – entre eles os pratos e os talheres – da mesa são maiores.

Se você não quiser mudar os seus pratos, talvez seja uma boa ideia traça uma linha imaginária no meio do prato e colocar comida para preencher somente metade do prato.

Servir-se na cozinha e não levar as travessas para a sala de jantar também pode ajudar a evitar aquela segunda rodada desnecessária.

Um outro truque para não errar na medida é relacionar o tamanho das porções a certos objetos.
Alguns exemplos:

O rosbife (ou qualquer tipo de carne magra) deve ser do tamanho da caixa de baralho
– A bola de sorvete tem 250 calorias. Na hora de medir, ela deve ser do tamanho de uma lâmpada.
– A porção correta do filé de peixe grelhado e do sanduíche no pão ciabata (substitui uma refeição) é do tamanho de um talão de cheques.
– A porção de macarrão, que tem 250 calorias, equivale a meio copo ou uma bola de baseball.
– Para não exagerar no purê, coma o equivalente a uma lâmpada.
– O cookie (ou biscoito recheado) tem cerca de 70 calorias e equivale a duas fichas de pôquer.
– Para quem não dispensa um hamburguer, um alerta: o tamanho certo da porção (250 calorias) é o equivalente a uma caixa de baralho.
– A porção de arroz integral tem cerca de 120 calorias. A de feijão, 150, e também equivalem a uma lâmpada.

Eu sei que pensar sobre tamanhos de porções e objetos durante nossas refeições parece uma coisa chata e inconveniente, mas é melhor se acostumar com porções pequenas e manter a nossa saúde do que ter que sofrer as consequências de comer além do necessário.

Fonte:
American Journal of Clinical Nutrition, 03/12/02
http://emedix.uol.com.br/not/not2002/02dez03end-ajcn-psm-obesidade.php
http://www.medplan.com.br/materias/9/14271.html

Churrasco

Essa semana foi o aniversário do maridão. Para comemorarmos fomos em um parque perto de casa para fazermos um churrasco à moda australiana. O churrasco por aqui é um pouco diferente, não é feito com carvão nem espetos, normalmente a churrasqueira tem um chapa que esquenta e as carnes são assadas nessa chapa. Eu acho um pouco mais fácil e rápido, mas tenho que confessar que o gosto do churrasquinho brasileiro é melhor.

Tudo foi muito bom. Amo os parques daqui. Em todos que já fui encontrei banheiros organizados, churrasqueiras elétricas que podem ser usadas de graça, bancos e mesas para picnique, gramado verde e um ambiente limpo e muito agradável.

Foi a primeira vez que fizemos churrasco em um parque, eu realmente gostei da experiência, é uma maneira fácil, divertida e barata de aproveitar o fim de semana, e a gente pode literalmente comer fora. Hehehe
Aí vão algumas fotos do parque.

Ta decidido!

Hoje tomei uma decisão. Quero gastar mais tempo pensando no que tenho de bom na minha vida do que no que tenho de ruim ou no que ainda não tenho. Para isso fiz uma lista de coisas que já conquistei nesse mês e aquelas que sei que vou conquistar até o fim do mês e coloquei na porta da minha geladeira, sempre que passar por lá vou fazer questão de conferir minhas conquistas e agradecer por elas. No próximo mês vou atualizar a lista e colocar uma novinha na porta da geladeira.
Parece um passo pequeno, mas tenho certeza que é um ótimo execício para desenvolver uma mente positiva e um coração grato.